Imprensa

Assesoria de Imprensa:

 

 

LEAD Comunicação

(21) 2222-9450

 
leadcom@terra.com.br

untitled-5 copyb

programação completa, mapas e infos para a festa de inauguração aqui
Casa do Jongo

 

Rio de Janeiro, 5 de Novembro 2015. No Dia 29 de novembro o Grupo Cultural Jongo da Serrinha vai inaugurar sua nova sede em Madureira. Com cerca de 2000m2, este centro de cultura, no pé do Morro da Serrinha vai ter cineclube, galerias, telhado verde, salas de dança, estúdio musical e escola de artes multi-linguagem para anteder um público de todas as idades.

Em 2013, a Prefeitura cedeu para o Jongo da Serrinha o imóvel na Serrinha e está em fase final de sua reforma, seguindo um projeto criado pelo Jongo da Serrinha em parceria com a RUA Arquitetos.

Este novo espaço será também complementar para as duas escolas e duas creches públicas da Serrinha, além de ser uma referência do patrimônio imaterial fluminense cujo impacto será para além do denso bairro de Madureira. A Casa estará em rede com universidades, instituições do poder público e privado e países estrangeiros com foco na África.

No total, 12 atividades culturais serão oferecidas (canto, jongo, cavaquinho, teoria musical, cultura popular, percussão, cinema, artes, horta, jogos e contação de histórias) gratuita e diariamente para as escolas locais – sendo uma delas chamada Escola Municipal Mestre Darcy do Jongo. O objetivo é fazer da casa uma unidade escolar complementar de cultura, recebendo crianças no espaço da casa.

A Casa do Jongo vai também implementar atividades de geração de renda e oferecer lazer gratuito num projeto de economia solidária, arte e educação. Ao longo do ano, serão produzidos eventos comunitários como mostras de cinema, festas, semana da leitura, apresentações artísticas, gravações musicais etc. Desde 2001, como estratégia de mobilização comunitária, o Jongo da Serrinha produz eventos em datas comemorativas do calendário nacional (Dia de São Jorge, Dia das Crianças, Folia de Reis, Carnaval, São João etc) a fim de promover a integração e o lazer e utilizar a “tecnologia da festa” como potente instrumento para o desenvolvimento de empreendedorismo coletivo local.

Para a festa do Dia 29, a programação seguirá o seguinte roteiro:

10h Cortejo para lavagem da Rua Compositor Silas de Oliveira até a Casa do Jongo com líderes de diversas religiões e grupos artísticos convidados (G.R.E.S. Império Serrano, Portela, Cordão do Boitatá, Cia Folclórica entre outros) Montaremos uma mini escola de samba neste cortejo.
10h30 Chegada na Casa, café da manhã, prefeito corta a fita com Tia Maria do Jongo;
11h Apresentação de Orquestra de alunos da UFRJ tocando jongos da Serrinha;
12h Almoço e início da roda musical com convidados;
18h Encerramento da Roda

programação completa, mapas e infos para a festa de inauguração aqui
ONG Grupo Cultural da Serrinha

Em 2000 foi 
criada a ONG Grupo Cultural da Serrinha, com a missão de criar mecanismos de preservação e divulgação do jongo e educação e 
profissionalização de jovens. A principal estratégia é produzir espetáculos 
com artistas da própria comunidade, tomados nos projetos desenvolvidos
 pela ONG, como a Escola de Jongo. A Creche Tia Maria do Jongo e o 
Centro de Memória da Serrinha também fazem parte da lista de iniciativas
 que aliam a preservação cultural ao trabalho e atendem diariamente
 120 crianças e jovens de comunidades do Rio de Janeiro. 
Hoje o jongo é o aglutinador da Serrinha e seu principal motor de
desenvolvimento social, além de ser uma das mais importantes 
contribuições da cultura negra para o país.

Em 2005, o jongo foi tombado pelo IPHAN como o primeiro Bem Imaterial do Estado do Rio, e um dos seis primeiros do país, graças a uma iniciativa do Jongo da Serrinha.